ROTINa E FORMAÇÃO DE HÁBITOS

A rotina diária permite que a criança tenha uma organização física e mental no que se refere aos cuidados diários para o seu desenvolvimento e é uma forma de oferecer amor.​

Devem fazer parte da rotina de uma criança:

✔ alimentação;

✔ banho;

✔ higiene;

✔ sono;

✔ estímulos (linguagem, movimento, pensamento);

✔ ambiente saudável (convivência, formação de valores, construção emocional).

    Estabelecer uma rotina de cuidados à criança, favorece a formação de hábitos saudáveis. Esta rotina se modifica com a idade, com as necessidades do momento e deve manter-se até os 7 anos de idade – quando a construção da personalidade, ou seja, do “jeito de ser” está bem definida.

    Após esta idade, pode-se apenas direcionar e supervisionar, pois a organização da criança, em geral, passa a ser notória.

 

 estímulos ambientais

 

    Todas as características e habilidades da criança, bem como todas as mudanças de desenvolvimento, são produtos de dois processos básicos: 


   1. Maturação = mudanças orgânicas, neurofisiológicos e bioquímicas que ocorrem no corpo e que
são relativamente independentes de práticas, experiências ou condições
ambientais.

   2. Experiência = aprendizagem e prática.

  A experiência e a maturação sempre interagem no processo de desenvolvimento geral da criança, porém o desenvolvimento de habilidades motoras e de funções cognitivas depende dos estímulos que a criança recebe do meio em que ela vive.

   É importante que desde os primeiros dias de vida, a criança receba estímulos visuais, auditivos, táteis, tenha a possibilidade de se movimentar e manipular diferentes objetos conforme o seu crescimento, pois nos primeiros meses, a criança percebe o ambiente e age sobre ele. Esta interação com o ambiente é necessária para as descobertas. Sendo assim, é vendo, ouvindo, manipulando objetos ou levando-os à boca, que a criança vai lentamente desenvolvendo sua inteligência.

 

   O que utilizar na estimulação?

 
  É importante assegurar que os brinquedos e outros materiais selecionados para a estimulação sejam suficientemente atrativos, coloridos, de fácil manipulação, laváveis, resistentes e que não ofereçam perigo à criança.

Devem ser de tamanho suficiente, para que a criança possa pegá-los e examiná-los facilmente e, que sejam de acordo com a idade da criança.

   Sugestões de Brinquedos

✔ Móbile.
✔ Chocalho.
✔ Livrinhos de plástico com temas diversos (animais, frutas,...)
✔ Brinquedinhos emborrachados para dentição.
✔ Cubos ou bolinhas com campainha dentro.
✔ Blocos para empilhar e encaixar.
✔ Espelho.
✔ Bolas coloridas de diferentes tamanhos e texturas.
✔ Brinquedos que flutuam na água.
✔ Caixinhas de diferentes tamanhos.
✔ Bonecas e bonecos com roupas próprias para vestir e despir.
✔ Brinquedos musicais / instrumentos musicais.
✔ Cadeirinha de balanço.
✔ Triciclo.
✔ Fantoches.
✔ Caixa surpresa.
✔ Brinquedos de casinha / oficina.
✔ Livrinhos ou blocos com zíperes, botões, colchetes e fivelas.
✔ Álbum de fotografias.
✔ Dominó com figuras.
✔ Quebra-cabeça.
✔ Massinha.
✔ Alinhavo.
✔ Cantigas infantis.
✔ Material de pintura (giz de cera, tinta a dedo)

 

   SUGESTÕES DE ATIVIDADES

▶ LINGUAGEM / AUTO-IDENTIFICAÇÃO / ESQUEMA CORPORAL
● Conversar com a criança no ambiente familiar durante as refeições, hora do banho, durante as
brincadeiras;
● Chamar a criança pelo nome dando ordens a serem executadas;
● Colocar a criança diante do espelho para que ela veja sua própria imagem e diga seu nome;
● Apresentar fotografias para a criança identifique a si mesma, ao papai e a mamãe;
● Conversar com a criança sobre suas características;
● Contar histórias;
● Nomear objetos de acordo com seus grupos: utensílios de cozinha, utensílios de higiene,
brinquedos;
● Nomear partes do corpo durante o banho, brincadeiras e diante do espelho;
● Cantar, dançar, pular, correr, subir, descer, sentar, levantar, agachar, movimentar-se (cabeça,
tronco, braços, pernas) nomeando as ações;
● Soprar, abrir e fechar a boca, esticar e encolher a língua, estalar a língua;
● Brincar "junto" com a criança;
● Nomear cores, figuras geométricas, frutas, personagens, familiares, animais.


▶ MOTRICIDADE / PERCEPÇÃO VISUAL / PERCEPÇÃO AUDITIVA
● Brincadeiras de encaixar, empilhar, modelar, desenhar, alinhavar;
● Abotoar e desabotoar, puxar zíper, afivelar cintos, pressionar botões, rosquear potes ou tampas
de garrafa, rasgar papéis;
● Estabelecer conceitos e observar percepção visual, brincando de igual e diferente quanto a cor,
forma, tamanho e posição;
● Pedir à criança que realize determinada tarefa e verificar se ela corresponde ao pedido;
● Brincar com brinquedos sonoros, instrumentos musicais;
● Ouvir músicas e verificar se a criança canta e movimenta-se de acordo com a música;
● Brincar de contar (sequência numérica).

▶ AUTONOMIA
● Alimentar-se "sozinho";
● Colocar o calçado / tirar o calçado;
● Guardar os brinquedos;
● "Ajudar" a mamãe e o papai na organização de seu quarto e nas tarefas da casa. .
.

Patrícia de Souza Martins
Pedagoga 
Psicopedagoga
CBO 2394 / 25

 

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

© 2020 por Nobbre

horário de funcionamento

Segunda a sexta

08h às 20h

Sábado

08h às 13h

contato

Endereço:

R Silvestre Vasconcelos de Oliveira Calmon, 190
Edifício Center III Sala 505
Guarulhos - São Paulo